quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Praia fluvial

Parque de Santiago vai ter praia fluvial

O parque urbano localizado junto à radial de Santiago, em Viseu, vai ter uma praia fluvial. O projecto, anunciado esta semana pela autarquia, será viabilizado a partir da construção no rio Pavia da barragem/açude do Catavejo.

Em menos de um mês, o espaço construído a pensar na mudança da feira semanal de Viseu, mudou a vocação que lhe estava destinada. Depois de ter anunciado que o parque será exclusivamente aproveitado para actividades de lazer, a Câmara Municipal de Viseu (CMV) vem agora acrescentar-lhe um novo projecto: a construção de uma praia fluvial.

O presidente da autarquia, Fernando Ruas, explicou que a Praia Fluvial de Santiago, como ficará conhecida, aproveitará as águas da barragem/açude a construir a montante do rio Pavia, na zona do Catavejo, na freguesia de Mundão. Um equipamento destinado a controlar as cheias do inverno e a garantir, durante os 365 dias do ano, um caudal regular e permanente de água no Pavia.

O anúncio da mudança de planos relativamente ao parque urbano da radial de Santiago apanhou muita gente de surpresa. O próprio presidente da autarquia o reconheceu na altura. Agora, ao prometer a construção da praia, Ruas justifica a decisão. "As pessoas vão perceber porque decidimos não transferir a feira semanal para aquele espaço. Já tínhamos também este projecto em carteira", explicou.

A decisão da autarquia em mudar a vocação do parque urbano, concebido para receber a feira semanal das terças, gerou controvérsia. Miguel Ginestal, do Partido Socialista, condenou a opção que, em seu entender, pôs em causa o planeamento feito para o local. Lamentou, ainda, que os feirantes continuem a trabalhar sem condições no recinto que ocupam há vários anos, do outro lado do rio.

Fernando Ruas afirmou ter auscultado os feirantes antes de tomar a decisão de manter a feira das terças no mesmo local. Anunciou,ainda, que serão ali feitas algumas obras e construídas mais uma ou duas casas de banho.

A decisão foi ainda fundamentada, segundo Ruas, com as opiniões favoráveis das pessoas que passaram a frequentar o parque urbano da radial de Santiago. Um espaço amplo, com piso próprio para caminhadas e corridas, serviço de bar e esplanada e equipamentos para actividades físicas.

Embora a feira semanal ocupe o recinto onde se realiza apenas durante a manhã e parte da tarde das terças-feiras, deixando livres os restantes dias da semana, a Câmara considerou que a qualidade do parque urbano "merecia" um aproveitamento exclusivamente lúdico. O que está a acontecer.


Texto de Teresa Cardoso in Jornal de Notícias de 30-09-2009

domingo, 27 de setembro de 2009

PS e PSD dividem deputados ém Viseu

É um resultado normal: Viseu continua a ser dominado pelo PSD. As 372 freguesias estão apuradas e não deixam dúvidas: o PSD conquistou 37,47% e 4 deputados, enquanto o PS teve 34,71%, mas com os mesmos quatro deputados. O CDS-PP obteve um excelente resultado, com 13,41% e um deputado.
O Bloco de Esquerda não vai além dos 6,49% e a CDU fica-se pelos 2,86%.


José Luís Arnault, António Henriques, Teresa Costa Santos e José Figueiredo Antunes, por parte do PSD; José Junqueiro, Acácio Pinto, Elza Pais e José Cruz, por parte do PS, assim como Hélder Amaral, do CDS-PP, passam a ser os representantes de Viseu no Parlamento.

sábado, 26 de setembro de 2009

Funicular já circula nos carris

Viseu, 25 Set (Lusa) - Viseu tem a partir de hoje em funcionamento um funicular que liga a zona da Feira de S. Mateus ao centro histórico, considerado fundamental pela autarquia para revitalizar esta zona da cidade.

Previsto há mais de sete anos, este meio mecânico não poluente insere-se nas obras do programa Polis e representa um investimento total de 5,3 milhões de euros.
Américo Nunes, da comissão liquidatária da Viseu Polis, afirmou que o funicular, de utilização gratuita, será "uma mais valia para o centro histórico", nomeadamente para os comerciantes que aí têm os seus negócios.

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Promoção da Região Centro

video

http://www.ipv.pt/vtv/clareza.htm

Livro: Viseu de Encanto e Figuras ilustres do passado


Introdução
Os versos constantes deste pequeno livro, foram editados no jornal “Noticias de Viseu” e no blog do autor Fernando Abreu, em www.matisse13.blogs.sapot.pt, merecendo, de forma diversa e surpreendente, rasgados elogios, alguns deles, por manifestarem imagem douta e intensa, não deixamos de os inserir, nesta brochura, para que constem também aos vindouros.
Logo, por os versos serem inéditos, pela forma admirável como versejam e rimam entre o “Mote” e as “Glossas”, mais, ainda, por descreverem, em resumido pormenor, o que foi a vida e obra de figuras tão ilustres nascidos no distrito de Viseu, são motivos fortes e a razão desta edição.
Seguramente, é desafio e mais valia para a Cidade de Viritao, por, para além do valor intrínseco cultural que transmite à descendência, dar conta ao munda da realidade e importância de Viseu, cabeça e capita de Província da Beira Alta, onde nasceu Dom Afonso Henriques, fundador de Portugal, cujo progresso porque passa a região também ele, hoje fosse vivo, se sentiria orgulhoso e bairrista por convicção.


Fernando Abreu

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Nossa Senhora dos Remédios

É bem conhecida de todos os viseenses a pequena Capela da Nossa Sr.ª dos Remédios, colada ao Arco dos Melos, na Praça da Erva ou Largo Pintor Gata.
A sua Padroeira é sempre homenageada no seu dia próprio, 8 de Setembro. Sê-lo-á de novo amanhã. Realiza-se, pelas 19 horas, a missa seguida de procissão com a venerada imagem da Virgem.

quinta-feira, 3 de setembro de 2009