quarta-feira, 12 de agosto de 2009

25 anos sobre a medalha de ouro de Carlos Lopes nos jogos de Los Angeles

video

Carlos Lopes nasceu em Vildemoinhos no dia 18 de Fevereiro de 1947 e, hoje é considerado um dos melhores atletas da sua geração. A prática da modalidade começou no Lusitano de Vildemoinhos, ainda que de forma amadora, e, na juventude, já ganhava provas de atletismo amador em Viseu.

Aos 20 anos é recrutado para o Sporting Clube de Portugal, onde assume o papel de atleta profissional. Daí até começar a ganhar campeonatos foi um ápice, conseguindo a primeira medalha de ouro para o atletismo português, ao ganhar a Maratona dos Jogos Olímpicos de Los Angeles, em 1984.

Para Guilherme Almeida, actual vereador da Cultura da Câmara Municipal de Viseu, aquele foi um momento importante para o país, principalmente para Viseu, pois foi algo que fomentou "a prática desportiva nos mais jovens" e "obviamente que o concelho ganhou visibilidade por ter no seu seio personalidades como esta".

Câmara entrega medalha de ouro a Carlos LopesPara assinalar a data em que o ex-atleta foi medalhado com o ouro, a Câmara Municipal de Viseu vai entregar a medalha de ouro da cidade a Carlos Lopes. "É um galardão importantíssimo da cidade, que vai fazer de Carlos Lopes cidadão honorário", afirmou Fernando Ruas. A proposta de atribuição da medalha ainda vai ser levada a reunião de Câmara, mas Ruas acredita que "será, com certeza, aprovada por unanimidade".A data da entrega ainda está por escolher, apesar de o dia do feriado municipal (21 de Setembro) ser apontado como o mais provável. Ao atleta, a Câmara também já atribuiu a medalha de mérito municipal. Em 2004, no 20.º aniversário da vitória em Los Angeles, foi inaugurada a estátua "O Maratonista", em homenagem a Carlos Lopes, numa das rotundas da cidade.

Peditório para ir para o Sporting

O presidente da Junta de Freguesia de São Salvador, Álvaro Pereira, recorda o momento em que se juntaram algumas pessoas para fazer um peditório a favor de Carlos Lopes. Esse peditório tinha como objectivo comprar roupa e calçado para o atleta poder ir para Lisboa, quando foi recrutado para o Sporting, em 1967. "Quando ele ganhou a medalha de ouro foi uma festa, mas ele nunca veio muitas vezes a Vildemoinhos. Vem cá de vez em quando em épocas festivas e pelo São João", afirmou o presidente da Junta.

Catarina Tomás Ferreira in Diário de Viseu de 12 de Agosto de 2009

Sem comentários: